Sescon Campinas destaca motivos que levam o contribuinte para a malha fina

Cliente: 
Postado em 05/04/2012

A menos de um mês para o prazo final da entrega da Declaração Anual do Imposto de Renda, muitas pessoas estão na correria para preencher e entregar o formulário a tempo. Alguns fatores como a falta de tempo, o desconhecimento ou a falta de atenção podem contribuir para o preenchimento incorreto e consequentemente leva o contribuinte a cair na temida malha fina.

O presidente do Sescon Campinas, José Homero Adabo, explica que alguns erros cometidos durante o preenchimento do formulário impedem que ela chegue a base de dados da Receita Federal e por isso a declaração do contribuinte fica retida. “O preenchimento da declaração deve ser feito com cautela e extrema atenção. Qualquer erro pode causar transtornos desnecessários para a pessoa e ainda gerar multas”, acrescenta.

Confira os principais erros cometidos durante o preenchimento da Declaração Anual do Imposto de Renda:

1 – Informar incorretamente os dados do informe de rendimentos, principalmente valores e CNPJ: Neste item o preenchimento correto é fundamental para não haver erros no valor a ser restituído ou devolvido.

2 – Deixar de informar rendimentos recebidos durante o ano: Não deixe de mencionar todos os pagamentos recebidos durante o ano de 2011 para não cair na malha fina.

3 -  Deixar de informar rendimentos dos dependentes: Se tiver dependentes que trabalham, mesmo que a renda não seja alta, eles devem ser citados na declaração.

4 – Informar dependentes sem ter a relação de dependência: Por exemplo, evitar situações em que o filho declara a mãe como dependente e esta também é lançada por um outro filho ou marido.

5 – A empresa alterar o informe de rendimento e não comunicar o funcionário: As empresas devem ficar atentas a este item e informar qualquer mudança aos funcionários.

6 – Deixar de informar os rendimentos de aluguéis recebidos durante o ano: Qualquer valor recebido, mesmo que esteja abaixo do limite da tabela, deve ser declarado.

7 – Informar os rendimentos diferentes dos declarados pelos administradores imobiliários: Fique atento e procure se informar com os administradores de seu imóvel qual foi o rendimento declarado por eles em relação ao valor de administração do imóvel durante o ano.

8 – Informar despesas médicas diferentes dos recebidos: Todos os planos de saúde enviam o informe de rendimento anual para os contribuintes. Verifique se o valor que está em sua declaração confere com o que está neste documento.

Adabo reforça que o prazo para entrega da declaração do IR 2012 vai até às 23h59min do dia 30 de abril. “Não deixe para prestar contas na última hora, além do risco de cometer erros, o contribuinte pode ter problemas com o acesso ao site da Receita Federal, devido ao grande número de acessos, e não conseguir entregar a tempo a declaração”.