Caixa Cultural recebe palestra sobre criatividade

Cliente: 
Postado em 28/09/2011

Artista gráfico Gian Calvi falará sobre o tema na próxima 6ª-feira, dia 30; data também marca lançamento de catálogo oficial da exposição “50 anos vendo as coisas de outro jeito”

No dia 30 de setembro, a Caixa Cultural recebe a palestra “Criatividade, o que é?” de Gian Calvi, artista que também está com seu trabalho exposto no mesmo local. 

A palestra tem como objetivo refletir sobre a capacidade de inovar. “A proposta é apresentar dicas que ajudem a escapar da rotina, percebendo que sempre é uma vantagem abraçar o desconhecido, porque mesmo que o resultado seja negativo, acrescentamos aprendizado ao nosso saber da vida”, explica Gian Calvi.

A palestra também vai abordar formas de se autotreinar e adotar uma postura receptiva sem o prejulgamento que inibe o surgimento de ideias que podem ser ponte para a solução de problema e projetos. 

No mesmo dia, ocorrerá o lançamento do catálogo oficial da exposição. Nele, estão reunidas todas as obras em exposição, assim como textos sobre a vida e obra de Gian Calvi.

A exposição e o ciclo de palestras marcam os 50 anos de carreira do escritor, educador, designer gráfico e ilustrador ítalo-brasileiro e é uma grande celebração de sua premiada trajetória artística, navegando desde sua reconhecida produção gráfica e literária até sua participação na renovação da filatelia brasileira durante a década de 70. 

Programação completa das palestras:

• Criatividade, o que é?, Gian Calvi - CRIANÇAS CRIATIVAS - 30 de setembro de 2011 às 18h30

• A síntese da obra de Gian Calvi sob o olhar da produção cultural e museologia,
Auta Rojas Barreto (Museóloga e curadora - Collecta) e Rodolfo Abreu (Jornalista e produtor cultural - Collecta)
06 de outubro de 2011, às 18h30

• Comunicação e Marketing, Gian Sebastian Martínez- Coca Cola Brasil
14 de outubro de 2011, às 18h30



• Desenvolvimento Sustentável & Educação, Lucila Martínez - CRIANÇAS CRIATIVAS
20 de outubro de 2011 às 18h30

• Comunicação em Programas Sociais, Gian Calvi
28 de outubro de 2011 às 18h30

 

Programa 

Quem for visitar a exposição “Gian Calvi – 50 anos vendo as coisas de outro jeito” vai encontrar a área expositora divida em quatro eixos temáticos, que traçam uma retrospectiva da carreira do artista.

Confira abaixo as principais atrações:

Literatura Infanto-Juvenil – O espaço traz ao público a ampla e premiada obra gráfica de Gian Calvi, que ilustrou mais de 140 títulos publicados no Brasil, Estados Unidos, América Latina, Europa, Oriente Médio e Japão. Entre os destaques estão “Quando a Onça Ganhou suas Pintas”, “João e o Pé de Feijão”.  O livro “Um Mundo para Todos”, editado pela Unesco, foi publicado em sete países e com mais de 1 milhão de cópias vendidas no Brasil. Também estão expostas ilustrações de Calvi para livros de renomados autores, como Lygia Bojunga Nunes, Raquel de Queiroz e Clarice Lispector.

Design gráfico / Publicidade & Propaganda – Neste módulo, o visitante poderá entrar em contato com as principais criações publicitárias e conceitos criativos de Gian Calvi, além de conhecer um pouco mais de sua vasta produção editorial. Ao longo de sua vida publicitária, iniciada na TV Globo, nos anos 60, Calvi desenvolveu logotipia para importantes empresas, como a própria TV Globo. Fundador da Casa de Desenho e da Casa da Criação, Calvi também participou de campanhas publicitárias de companhias no Brasil e no exterior. O espaço também apresenta outra faceta reconhecida de Calvi. Criador de capas e ilustrações para diversas editoras nacionais e internacionais, o artista atuou em projetos gráficos de premiados autores brasileiros e estrangeiros, como Jorge Amado, Cecilia Meirelles, Erico Veríssimo, Stephen King e Agatha Cristie, Manoel Bandeira, Maria Clara Machado, Maria Mazzetti, entre outros. Entre as obras expostas estão sua clássica capa do Dicionário Aurélio, de 1977, com as letras sobrepostas.

Filatelia – A exposição faz uma viagem no tempo e mostra a importante contribuição de Gian Calvi para a renovação da Filatelia brasileira. Durante a década de 70, como consultor artístico e designer da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) e da Casa da Moeda, Calvi participou da revitalização da produção de selos, carimbos e fascículos, ajudando no fortalecimento da identidade filatélica brasileira, hoje reconhecida internacionalmente. Estarão expostos diversas peças filatélicas em seus vários estágios, além de reportagens internacionais sobre a qualidade da produção brasileira no período, com destaque para uma matéria no prestigiado “The New York Times”.

Responsabilidade Social e Ambiental – Cidadão do mundo, Gian Calvi emprestou seu talento artístico para ações socioambientais na América Latina e Caribe. A exposição conta um pouquinho dessa história, apresentando ao público os diversos programas criados e coordenados por Calvi para empresas e organismos internacionais como ONU, Unesco, Unicef, Organização dos Estados Americanos (OEA), Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Mundial e Petrobras, entre outros.

Sobre Gian Calvi 

Nascido em Bérgamo, na Itália, Gian Calvi (Gianvittore Calvi) reside no Brasil desde 1949, quando fixou residência no Rio de Janeiro. Com uma carreira abrangente e diversificada, Calvi emprestou seu talento para diversas áreas, como ilustração, filatelia, publicidade/propaganda, literatura, design, educação e responsabilidade socioambiental, sempre desenvolvendo estas atividades de forma simultânea.

Do início de carreira na recém criada TV Globo, em meados da década de 60, até a atual obra literária infanto-juvenil, sua principal atividade atualmente ao lado dos programas socioambientais que coordena, Calvi construiu uma trajetória artística relevante, em que se destacam sua colaboração para importantes movimentos artísticos, publicitários, editoriais e de responsabilidade social e ambiental. Carinho e dedicação especial dedica ainda ao Programa Adultos e CRIANÇAS CRIATIVAS®. 

Da publicidade à filatelia, em que se destaca como um ilustrador talentoso e inovador, passando pela literatura infanto-juvenil, onde ilustrou mais de 140 livros publicados, Gian Calvi sempre buscou passar olhar diferenciado das coisas. Sua obra exemplifica bem isso: o objetivo é expandir os horizontes da imaginação para criar um mundo onde tudo é possível.

O jeito especial de Gian Calvi ver as coisas torna impar sua pluralidade artística, instigando o olhar diferenciado e inspirador nas pessoas de todas as idades.

Serviço 

O que: “Gian Calvi – 50 anos vendo as coisas de outro jeito”

Data: de 10 de setembro a 13 de novembro

Local: Caixa Cultural – Praça da Sé, 111 – São Paulo (SP)

Horário: das 9h às 21h (de terça-feira a domingo)

Classificação: Livre

Ingressos: Entrada franca

Sites: www.giancalvi.com.br e www.giancalvi.blogspot.com/