Devassa, Sandy e PR stunt

Pode ser que a Sandy não tenha nada a ver com a marca de cerveja Devassa - e não tem mesmo. Mas o grande gol de placa do marketing da cervejaria foi justamente este: ao atrelar uma celebridade com a imagem de "casta" e "pura" para o seu marketing, a Devassa conseguiu o que muitas marcas querem - estar na boca do povo e das redes sociais.

É um baita case de PR stunt. Ou seja, uma pirueta publicitária feita para para ganhar mídia espontânea e gerar buzz (reforçado pelo serviço de assessoria de imprensa).

Sandy e Devassa: mídia espontânea na certa

O Twitter bombou com piadas sobre a Sandy. Os cadernos e sites de economia estamparam a notícia com destaque. As revistas semanais provavelmente falarão muito da campanha nos próximos dias. E, logo mais, a coisa toda vai virar "case de sucesso" em revistas de negócios e de comunicação. Bingo.

A marca já tinha trabalhado com o mesmo conceito quando contratou a "socialite" (ugh) Paris Hilton para o Carnaval do ano passado. Deu muito certo e eles resolverem repetir, indo agora para o outro extremo.

UPDATE

Vale a leitura do artigo do Luiz Felipe Barros. Será que a campanha está cumprindo os objetivos de vender e construir marca? "Para conseguir construir marca, uma campanha precisa reforçar os valores da marca, revelas sua essência e evidenciar quais atitudes a torna diferente de suas concorrentes. Nada disso é feito se a mensagem não é passada com credibilidade. O público precisa acreditar no que você está dizendo. E é nesse aspecto que eu questiono a escolha da Sandy como garota-propaganda da Devassa."

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Por favor responda esta pergunta, como prevenção anti-spam.
Image CAPTCHA
Digite os caracteres exibidos na imagem.