Como contratar (bem) uma empresa de relações públicas (assessoria de imprensa)

O blog Papo de Empreendedor, da revista "Pequenas Empresas & Grandes Negócios", publicou ontem um texto chamado Como contratar (bem) uma empresa de relações públicas. Refere-se basicamente ao trabalho de assessoria de imprensa e o que deve ser levado em conta na hora de contratar uma agência para realizar a comunicação corporativa.

Vale a leitura. Pra facilitar, coloco abaixo o trecho (perguntas que o empresário deve se fazer antes de contratar). Na verdade, este texto saiu no site da Business Week. Comento alguns pontos entre parênteses.

1. Você tem bons dados? Para sustentar uma campanha e ser entrevistado várias vezes, é preciso ter informações que justifiquem a atenção – números, clientes, tendências, opiniões sólidas. (Isto é fato. Não adianta a empresa querer aparecer em jornais, revistas e sites se não tem bons projetos por trás. Ter bons projetos já é meio caminho andado para um bom trabalho de assessoria de imprensa.)

2. Você estava contando com o RP para aumentar o faturamento? Nem sempre há uma relação direta entre divulgação e retorno de curto prazo. Você precisa entender os benefícios de ter um relações-públicas e casar essas vantagens com as suas necessidades. (Sempre digo o seguinte: o trabalho de relações públicas e assessoria de imprensa é para construir imagem, no médio prazo, pelo menos. O trabalho de assessoria de imprensa, ajuda, sim, muitas vezes a alavancar vendas - mas o trabalho não deve ser focado apenas com essa métrica.)

3. O RP não conseguiu uma boa divulgação para a sua empresa – ou não conseguiu uma boa divulgação para o seu ego? Ver seu nome na mídia é bacana, mas verifique se isso não está atrapalhando as suas prioridades.

4. O RP definiu as expectativas claramente? Toda boa empresa deve ajudá-lo a definir o que é factível e que volume de divulgação você pode esperar por semana, mês e trimestre.

5. O RP criou um plano? Se a empresa de relações públicas não trabalhou de acordo com o que estava combinado, é natural que você se sinta sem apoio.

6. O RP era especializado no seu ramo de negócio? Para contar boas histórias, o relações-públicas deve conhecer bem o mundo da sua empresa. Se não tiver esse conhecimento, poderá perder oportunidades – e irritar repórteres.

Aproveito e convido você a ler alguns textos sobre assessoria de imprensa que já passaram aqui pelo blog e também ver a nossa apresentação sobre assessoria de imprensa no SlideShare.

Comentários

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
Por favor responda esta pergunta, como prevenção anti-spam.
Image CAPTCHA
Digite os caracteres exibidos na imagem.